A Liderança do futuro

Todos sabem que a sociedade em que vivemos está em constante transformação. Por isso, é fundamental conversarmos sobre como nos adaptar a estas mudanças. Veja neste post o que é necessário para ser um líder transformacional nesta geração.

Isabella Viana

Isabella Viana

November 24, 2020 | leitura de 4 minutos

people

Em uma sociedade que tem sido constantemente transformada, somos levados a refletir sobre estas mudanças e em maneiras de nos adaptar a elas. As transformações que vêm ocorrendo afetam diretamente o dia a dia dos profissionais, e é por isso que queremos conversar sobre o futuro do trabalho.

Bom, é impossível falar sobre trabalho sem falar do recrutamento, ou então de retenção de profissionais. Em ambos os processos, no futuro do trabalho as competências avaliadas serão cada vez mais comportamentais e não somente técnicas!

Isso quer dizer que não preciso mais me preocupar em me desenvolver tecnicamente? De maneira alguma! É sempre importante continuar buscando atualizações e aprimoramentos em seus conhecimentos técnicos, mas a velocidade da mudança tem sido tão grande, que esse aprendizado terá um prazo de validade. Ou seja, o profissional do futuro vai ter que ser um long life learner - alguém que está disposto a viver em constante aprendizado.

O futurista Alvin Toffler diz que o analfabeto do século XXI não é mais aquele que não sabe ler e escrever, mas sim aquele que não sabe aprender, desaprender e reaprender. Afinal, o futuro não é mais dos fortes, e sim dos adaptáveis! Aliás, até mesmo as habilidades comportamentais deverão ser adaptadas porque vivemos em um mundo VUCA (volátil, incerto, complexo e ambíguo), em constante mudança.

Uma das habilidades do profissional do futuro é a liderança e gestão de pessoas. O primeiro ponto a ser levantado quando falamos de liderança neste mundo VUCA é que o ponto de partida para um líder nestas condições é a criação de um pensamento exponencial - ele precisa ser um pensador exponencial. E o que isso quer dizer? Bom, para responder a esta pergunta, vou pontuar as 4 habilidades da liderança exponencial, segundo a Singularity University:

Líder futurista:

O líder futurista é aquele que tem capacidade de - ou até mesmo paixão por - caminhar em um caminho novo e incerto. É aquele que tem prazer em explorar o desconhecido, e, com base técnica, enxergar novas possibilidades e superar tendências.

Líder inovador:

O líder inovador é quem gosta de desafios, e possui coragem para arriscar. Esta habilidade está relacionada a um perfil empreendedor, que topa diferentes experimentações em busca soluções inovadoras.

Líder tecnológico:

O líder tecnológico é aquele que está conectado ao mundo digital, atento às atualizações e adaptações necessárias para continuar oferecendo ao seu público as melhores soluções.

Líder humanitário:

Por fim, mas não menos importante, esta habilidade é a que se refere a bons relacionamentos, prezando sempre por transparência - seja com quem for. Um líder humanitário é aquele que compreende sua responsabilidade social e visa gerar uma cultura de propósito.

Além destas habilidades, é importante ressaltar as 10 habilidades do futuro, apontadas pelo World Economic Forum: resolução de problemas complexos; pensamento criativo; criatividade; liderança e gestão de pessoas; trabalho em equipe; inteligência emocional; julgamento e tomada de decisões; orientação a serviços; negociação; e flexibilidade cognitiva.

Após passarmos por essas características essenciais da liderança do futuro, vemos que o fundamental é estarmos dispostos a nos reinventar e sermos 1% melhor a cada dia – seja no âmbito técnico ou interpessoal.

O líder do futuro é aquele que sabe se adaptar, enxergar além do que as circunstâncias atuais revelam, e motivar o time que caminha com ele. O líder deve ser transformacional, inspirando as pessoas a ir além, sempre desafiando e motivando a seguir um propósito colaborativo, tendo um alvo em comum. A liderança transformadora é a que gerencia, lidera e possibilita o processo de mudança, prestando suporte aos outros para lidar com seus efeitos. Para ser um líder exponencial, deve-se buscar o equilíbrio entre a inovação, foco em resultado, e cuidado com as pessoas.

E você? Tem caminhado em direção à liderança do futuro?

Isabella Viana
Isabella Viana

Head of People | Psicóloga, atualmente trabalha com recrutamento e área de People na ateliware. Apaixonada por pessoas e por tudo o que envolve melhorar o ambiente nas quais elas estão.

LinkedIn