O que é transformação digital e como aplicá-la à sua empresa.

Quer entender o que é transformação digital e como ela impacta nas decisões tomadas pelas empresas e pelo mercado? Confira o conteúdo completo.

A cultura digital nos cerca. Ela está aí para facilitar nossa vida pessoal, para melhorar a interação entre as pessoas, para viabilizar a globalização e também tem um impacto direto nos processos e resultados alcançados pelas empresas. Não existe segmento de mercado que consiga fugir. A atualização de sistemas, automatização de processos e inovação digital não é mais um diferencial, é uma necessidade.

Mas entre ter consciência disso e conseguir transformar digitalmente um empresa, existe um caminho longo a percorrer. Não basta querer os frutos que a tecnologia pode trazer para produtividade, desempenho e gestão. É sobre reestruturar e ressignificar profundamente as estruturas da empresa.

Quer entender o que é transformação digital e, mais do que isso, como implementá-la de verdade? Continue lendo o post que preparamos!

O que é transformação digital?

A transformação digital engloba a reestruturação de processos, incorporando a cultura de tecnologia e trazendo inovação digital. E isso tanto para aspectos internos, como equipes, metodologias e estruturas, quanto fatores externos, como o posicionamento no mercado e as entregas para os clientes. Os principais objetivos da transformação digital são a adequação ao momento global e o ganho de produtividade.

Falar em transformação digital também significa falar em aspectos profundos da empresa, como mudança de mentalidade e de cultura organizacional. A transformação digital está atrelada a mudanças que terão impacto em três núcleos de qualquer empresa: modelo de negócio, modelo de operação e experiência do cliente. 

A tecnologia não pode estar incorporada apenas na ponta final do processo, na entrega. Ela precisa ser um elemento central da empresa.

Qual o impacto da transformação digital nas empresas? 

O processo de transformação digital não começou agora.

O crescente acesso à internet, o avanço dos dispositivos móveis e aplicativos, a automatização de processos, o armazenamento de informações, a análise de dados, a nuvem, o big data… Todos esses fatores estão estritamente ligados com a necessidade das empresas em inovar. 

Você mesmo está lendo este artigo agora em um computador ou smartphone, conectado à internet e provavelmente chegou até aqui através de uma pesquisa em plataformas de busca, como o Google, ou clicando em um link em outro site ou rede social.

Estamos falando hoje de um cenário em que observamos o crescimento e popularidade de produtos digitais ou plataformas facilitadoras, que há poucos anos não eram nem pensáveis. É necessário acessar dados de qualquer lugar, além de entender esses dados de forma inteligente.

O cliente também mudou. Agora ele não é observador, é elemento ativo. Tem mais acesso à informação, encontra o que procura com mais facilidade, tem muitas opções para compra e contratação, fica insatisfeito com sistemas e soluções que não atendem o que ele precisa. Hoje, o foco é a experiência do cliente. É ele quem dita as regras.

Toda essa nova dinâmica precisa diariamente ser entendida e incorporada pelas marcas e empresas. E não dá mais para esperar! A transformação digital acontece agora, a todo instante. Não é mais uma vantagem competitiva, não é mais um destaque. É uma necessidade para quem quer estar no mercado.

Como aplicar a transformação digital na minha empresa?

Termos como “transformação digital” e “inovação digital” estão em todos os lugares — principalmente na preocupação e objetivos da maioria das empresas. Porém, aplicar esses conceitos e, principalmente, colher os resultados provenientes dessas práticas não é tão simples.

Isso significa que fazer parte da transformação digital é complicado demais ou inalcançável? Não mesmo! Mas é preciso sim investir recursos, tempo e energia.

Alguns pontos fazem parte desse desafio e precisam ser levados em consideração:

1. Clareza nos objetivos

Já parou para pensar por que você quer levar a transformação digital para a sua empresa? Isso tem a ver apenas com as tendências de mercado ou você já olhou pra dentro e entendeu as necessidades e encaixes dessa proposta com a sua empresa e com o que ela entrega para os clientes? 

Antes de começar a falar sobre transformação digital, você precisa entender onde quer chegar e que tipo de dor quer resolver ou que experiência quer proporcionar. Se você não tiver isso muito claro, corre-se o risco de literalmente perder tempo. De pouco adianta implementar soluções de transformação digital se elas não forem relevantes e úteis.

2. Cultura voltada para Transformação Digital 

Não basta uma empresa querer transformar as entregas ou a ponta final do processo em algo digital e automatizado se todo o restante da cultura organizacional não estiver preparada para isso. E você, como empreendedor e gestor, sabe bem como mudar ou criar uma cultura empresarial não é tarefa simples. 

E envolver um ponto como transformação digital significa mudar também a proposta de valor e entrega, mentalidade e capacitação das lideranças e equipes.

O que nos leva diretamente para o próximo ponto de atenção:

3. Capacitação das lideranças e equipes

Outro ponto de atenção e cuidado necessário para ter a virada de chave para a transformação digital é trabalhar antes o público interno. São as pessoas que fazem com que a sua empresa funcione e se elas não estiverem alinhadas com a proposta de transformação digital é certo que a mudança não vai funcionar. 

Um estudo realizado pela Capgemini, um dos líderes globais de serviços de consultoria, tecnologia e terceirização, afirma que 62% dos líderes acreditam que a cultura e a mentalidade das equipes é um dos principais obstáculos para que as empresas consigam tornar a inovação digital uma realidade. Ainda segundo o estudo, o posicionamento dos líderes se mostra fator determinante para reverter o quadro.

Afinal, se nem o seu público interno compra a ideia, como você vai entregá-la para o público final? É preciso contar com as lideranças como facilitadores dessa mudança e fornecer aos colaboradores capacitação para tal. Além disso, oferecer como um benefício, algo que também trará crescimento e evolução profissional e não como uma demanda da empresa que precisa ser atendida e simplesmente adaptada. Pode ser preciso também contratar novos talentos aptos e qualificados. 

De acordo com o relatório Digital Transformation Index, da Dell Technologies, em todo mundo 62% das empresas investem em treinamentos para melhorar e desenvolver competências de seus funcionários, enquanto apenas metade delas está investindo em novos talentos.

E essa também pode não ser tarefa simples. Entender qual o melhor caminho a seguir (ou seguir com os dois!) depende de análises. 

4. Foco no cliente

Como já comentamos neste texto, um dos pilares de mudança da transformação digital é a experiência do cliente.

Então, pensar em como as mudanças e inovações serão implementadas está diretamente relacionado com entender o porquê de realizar essas mudanças. 

Como a transformação digital vai melhorar ou atender melhor as necessidades do seu cliente? Quais são as utilidades dos serviços e produtos digitais para ele? Como isso irá ajudar a aproximar a sua empresa do seu cliente?

E o foco no cliente não pode existir apenas na hora de traçar os objetivos. Os resultados precisam ser acompanhados durante todos os processos. Em meio a mudança da cultura de inovação e em cada nova ação, serviço ou ferramenta proposta é fundamental entender e testar a aplicabilidade e a melhoria contínua pensando com a cabeça do seu cliente não com o ponto de vista da empresa. 

Quando falamos em implementação digital, estamos falando também em testes reais, ciclos curtos de feedback, agilidade para correção e melhoria contínua nas entregas. Lembre-se, o foco deve ser a experiência do seu cliente.

Como começar e quanto investir na transformação digital?

Saber por onde começar é algo ainda muito incerto para a empresa em que você está inserido? Existem muitos fornecedores de tecnologia e empresas especializadas em consultoria de inovação que podem ser um caminho para iniciar.

É preciso entender também que, quando se trata de transformação e produtos digitais, estamos lidando com projetos mutáveis, em constante construção e melhoria e que envolvem testes, experimentação e aprendizado. Nem sempre é possível prever resultados e orçamentos fixos para os projetos. Isso não significa trabalhar sem metodologia, sem perspectivas ou sem segurança. Mas significa entender que os projetos devem ser cíclicos e contínuos.

O mundo continua mudando a cada segundo, a inovação não acaba. Se a sua empresa quer começar a trabalhar com transformação digital, ela nunca mais vai parar.


Agora você já sabe o que é a transformação digital e como dar os primeiros passos para aplicá-la. Gostou do conteúdo? Saiba mais sobre a ateliware.

Alan Braga

Head of sales | Na área comercial há 15 anos, conectar pessoas e negócios é meu dia a dia e ser o elo da oportunidade com a realização é o que me que faz buscar que fazer sempre mais e melhor.

Gerenciamento de Estado em Flutter

React Native: o que é, quais as funcionalidades e as vantagens desse framework

Dicas essenciais para manter um sistema em produção