O que é e o que faz uma fábrica de software?

Para contratar um fornecedor de tecnologia é necessário conhecer quais opções existem no mercado. Fábrica de software é uma destas opções, mas você sabe quais as outras? Tenho certeza que esse conteúdo vai te ajudar na hora da escolha.

Seja para uma empresa que quer otimizar um processo interno, para uma startup que precisa melhorar sua solução ou até quem sabe para quem quer criar um produto novo de tecnologia para o mercado, a contratação de um fornecedor de software ou de uma equipe interna de desenvolvimento se torna obrigatória.

Quando pensamos em desenvolvimento de software, entendemos que as necessidades das empresas precisam ser supridas com agilidade. A dinâmica, então, acaba sendo acelerada por esse tipo de motivação e a busca por um fornecedor externo, na maioria das vezes, traz estabilidade para o projeto e garantia da entrega.

Nesse cenário, existem empresas que prestam serviço de entrega de produtos digitais, sistemas operacionais, aplicativos etc. Algumas dessas empresas se denominam como fábricas de softwares

Mas o que realmente está por trás dessa denominação e como são realizados os projetos em uma fábrica de software? Quais outras opções de empresas você vai encontrar no mercado de desenvolvimento? 

Continue a leitura do material que preparamos para entender!

O que é uma fábrica de software? 

O termo “fábrica de software” se faz cada vez mais presente nos ambientes e empresas de desenvolvimento. 

Nesse contexto, “fábrica” é utilizado para fazer referência à velocidade, produção em larga escala e foco na alta produtividade. Metodologias e processos são estruturados de forma semelhante àqueles das indústrias tradicionais. E "software", por sua vez, faz referência ao conjunto de componentes lógicos de um computador ou sistema de processamento de dados. Um programa de computador, um app mobile ou uma aplicação web (como o Facebook e Twitter) são bons exemplos de softwares que utilizamos todos os dias.

Logo, uma "fábrica de software" nada mais é do que uma empresa que constrói e presta manutenção de sistemas e aplicações web e mobile, maximizando a produção com o intuito de reduzir custos.

Em empresas que se denominam como fábricas de software normalmente os processos e metodologias estão voltadas para desenvolvimento com padronização em algumas etapas, assim como a reutilização de componentes anteriormente desenvolvidos para maximizar a produtividade.

Como é o processo de desenvolvimento de uma fábrica de software?

É importante dizer que cada fábrica tem seu próprio processo de trabalho. Porém, na grande maioria o principal objetivo é a rápida velocidade no desenvolvimento da aplicação web ou mobile. Trabalhar com padrões muito bem estabelecidos e com cronogramas fechados é muitas vezes o que permite a agilidade na entrega.

É preciso ter em mente que parte do processo ou até partes dos softwares serão feitas com base em moldes pré-existentes. As necessidades de cada cliente e cada projeto são adequadas utilizando esses moldes como base.

Com isso, o nível de personalização e customização tende a ser limitado e o cronograma fechado muitas vezes não permite a flexibilidade que o mercado exige atualmente.

Por isso, na hora de escolher entre uma fábrica de software ou outro tipo de fornecedor de tecnologia é importante levar todos esses pontos em consideração.  

Quais outras opções de fornecedores de tecnologia eu encontro no mercado?

Como já dissemos, uma fábrica de software é uma das opções para a construção de soluções tecnológicas, mas não é a única. Se sua empresa quer desenvolver um novo produto para o mercado, melhorar uma solução já existente ou solucionar ou otimizar um processo interno, existem outros tipos de empresas de desenvolvimento de software que podem atendê-lo.

Uma opção podem ser as muitas startups que contam com uma diversidade imensa de soluções "prontas" para o mercado. Existem, por exemplo, empresas que desenvolvem apenas em linguagens de programação específicas, o que pode ser bom quando se trata de uma demanda especializada na linguagem.

Existem também os fornecedores que desenvolvem, mas têm foco na terceirização de mão de obra de tecnologia, para suprir uma demanda de mercado. As consultorias podem ser uma opção interessante quando o cliente já tem ou quer montar uma equipe interna de desenvolvimento.

E, para soluções mais complexas e customizáveis, existem também empresas de desenvolvimento de software sob demanda. Nesse formato, a qualidade do código visando a escalabilidade e a experiência do usuário são os objetivos principais. Esse tipo de fornecedor se adapta ao processo e à necessidade do cliente, o que é o principal diferencial em relação a uma fábrica de software. Não há uso de linguagens de "estimação", mas sim o entendimento e aplicação da melhor linguagem e ferramenta para a solução que será construída.  

No fim todas são boas opções. O que realmente importa é entender a demanda e direcionar para a opção que melhor irá atendê-la. 

Agora você já sabe o que é e como trabalha uma fábrica de software e entendeu que existem outras opções de fornecedores de tecnologia. Ficou curioso para saber em qual dessas opções a ateliware se encaixa? Acesse AQUI nosso site e descubra! 

Alana Zonato

Head of marketing | O aprendizado contínuo me fascina e é isto que este mundo da tecnologia me proporciona. A adaptação é minha única constante, além claro de uma boa trilha sonora.

Aplicando testes com usuários durante a construção de um produto

Ruby on Rails no Heroku

Hard skills e soft skills essenciais para desenvolvedores