O impacto do UX Writing nos produtos digitais

Ux Writing vem ganhando cada vez mais espaço na criação de produtos digitais. Empresas como Ifood, Amazon, Google, Uber e Apple já aplicam estratégias de conteúdo em seus times de Design e Desenvolvimento. Nesse artigo apresento a relevância desse assunto nas áreas de tecnologia e como deixar o conteúdo das interfaces mais claros, objetivos e que engajem o usuário.

Giovana Schnorr Vendramini

Giovana Schnorr Vendramini

October 27, 2020 | leitura de 6 minutos

design

Provavelmente você já está familiarizado com o termo "UX" ou "User Experience", que envolve toda a experiência que o usuário tem com um determinado produto ou serviço. Acrescentando o "Writing" entendemos que essa nomenclatura se refere à construção de conteúdos textuais focados na experiência do usuário.

Ux Writing é um assunto relativamente novo e vem se mostrando essencial no processo de desenvolvimento de produtos. Diferente de outras técnicas de escrita, como textos jornalísticos, a ideia aqui é facilitar a leitura. Mas não é só isso que define o que é UX Writing. Em Produtos Digitais a escrita é planejada com objetividade para auxiliar a navegação, envolver o usuário e gerar feedbacks. Cumprindo com a missão de garantir a melhor experiência entre interface e usuário.

A essência do UX Writing

Todo conteúdo desenvolvido para um produto digital deve alinhar a experiência do usuário com as estratégias de negócio. A escrita encontrada nas interfaces deve conquistar a lealdade e a confiança de quem está lendo.

"UX Writing raramente é sobre redigir conteúdo para uma tela única e isolada. Geralmente, a escrita UX envolve fluxos, com usuários que engajam ativamente com seu site, app ou plataforma" - Merav Levkowitz

O caminho textual dentro da interface precisa ser:

uxw.png

Claro, conciso e útil

As informações presentes na interface devem transmitir clareza e objetividade. Sem gerar qualquer tipo de dúvida ao usuário.

O conteúdo textual precisa ser sucinto. Isso não significa que o texto precisa ser curto, mas é fundamental que seja eficiente, apresentando ao usuário o que é necessário, sem enrolações.

O texto deve constar informações relevantes que auxiliem o usuário em sua busca dentro da interface, seja para apresentar um contexto, solucionar algum problema, responder dúvidas ou prever próximos passos.

A mensagem de um determinado produto e o tom de voz da marca são, em grande parte, apresentados por meio do conteúdo textual. É fundamental planejar como essa comunicação será apresentada e absolvida, a orientação é peça essencial quando pensamos em UX Writing.

Por onde começar

Você já reparou que para projetar qualquer interface é importante pensar no conteúdo logo de início? Não adianta criar uma UI perfeita se o conteúdo presente nela não estiver bem planejado.

Muitos designers ainda utilizam o Lorem Ipsum em seus projetos, muitas vezes pelo curto prazo de entrega, mas essa prática mais atrapalha do que ajuda. Em outro artigo do Blog, "O desserviço do Lorem Ipsum nas interfaces", eu comento melhor sobre esse assunto e o porquê de substituir esse placeholder por um conteúdo mais fiel e relevante. Vai por mim, essa é uma dica de ouro.

Para criar esse conteúdo você precisa entender de:

Tom de Voz

Para projetar um tom de voz é necessário combinar o conteúdo com a personalidade da marca e entender os diferentes contextos em que essa marca pode ser apresentada. Em chatbots, por exemplo, o diálogo pode tomar caminhos imprevisíveis e o sistema precisa estar preparado para orientar os usuários o mais precisamente possível, sem se distanciar do perfil estipulado para o produto ou serviço em questão.

Guia de Escrita

Quando você entende as estratégias de negócio e as particularidades do público alvo de determinado produto é importante padronizar o conteúdo elaborando um guia de escrita (ou guia de redação). É nele que você define como serão as conversas e interações com o usuário. Essa consistência proporciona uma boa experiência e estimula a fidelidade do cliente.

Algumas marcas como Mercado Livre e Conta Azul possuem ótimos exemplos de como trabalhar com Tom de Voz e criar um Guia de escrita.

A importância  do microcopy

O termo microcopy foi introduzido por Joshua Porter, em 2009, para descrever os pequenos fragmentos de textos que ajudam a guiar os usuários nos produtos digitais.

Esses pequenos textos  são responsáveis por guiar a navegação do usuário e garantir que ele chegue ao objetivo final sem enfrentar nenhum tipo de atrito no caminho. Quando esses microtextos são negligenciados corremos o risco de comprometer a experiência do usuário.

Mas, como assim?! Isso é UX Writing, não é?

É tanto termo que a gente se confunde não é mesmo? Mas, fiquem tranquilos que eu explico: para muitos profissionais o microcopy vem se diferenciando do UX Writing, pois define com mais precisão os pequenos fragmentos de conteúdo presentes em botões, mensagens de erro, campos de formulário e alertas. Porém, não deixa de ser uma ferramenta essencial dentro do universo de UX Writing. Se um microtexto for negligenciado, a experiência do usuário pode ir por água abaixo.

Neste contexto certifique-se em seguir essas recomendações:

Números

Ao invés de escrever números por extenso use valores numéricos, principalmente em interfaces mobile. É mais fácil e rápido de ler.

artigo_numeros.png

Use ontem, hoje ou amanhã

Sempre que possível use "Hoje", "Ontem" ou "Amanhã" ao invés de datas. Essas palavras trazem um sentido de urgência chamando mais atenção do que apresentar uma data específica.

artigo_datas.png

Botões que indiquem uma ação

Nem sempre o usuário vai ler a pergunta, por isso não é aconselhável usar "sim" e "não" nos botões. Por esse motivo, o texto presente dentro dos botões devem indicar a ação que ele representa.

artigo_botoes.png

Call to action

Os links ou botões call to action são geralmente curtos e consistentes para chamar a atenção do usuário rapidamente. Evitem termos genéricos como "clique aqui" ou "saiba mais". Tentem passar claramente a ação que irá acontecer caso o usuário clique.

Artigo_CTA.png

Mensagens de Erro 

Essas mensagens precisam ser amigáveis e sempre oferecer uma resposta ao usuário, como o motivo da falha ou o que pode ser feito para resolvê-la. Lembre-se que nunca devemos culpar o usuário, mesmo que a falha não seja do sistema. Seja sempre gentil.

artigo_error.png

Humanize sua Interface com a escrita

Podemos concluir que UX Writing não se limita em como organizar blocos de texto na interface, mas sim em humanizar a interação de um produto com seus usuários. Transmita emoções, motive as ações do usuário, antecipe as perguntas mais prováveis e desenvolva uma jornada agradável.

Gostaria de indicar o desafio de UX Writing  "Daily UX Writing". São 15 dias com exercícios diários para você aprimorar suas habilidades com a escrita. E também sugerir a leitura dos livros "Microcopy", que ainda não tem traduzido para o português, e "Redação estratégica para UX" da autora Torrey Podmajersky.

Referências:
O que é UX Writing e por onde começar
Cada palavra conta muito no mobile
UX Writing: a escrita voltada para o usuário
What is Ux Writing
Effective UX Writing
16 rules of effective UX Writing
13 perfis no Instagram sobre Ux Writing para seguir e aprender mais sobre o assunto
UX Writing: How to do it like Google with this powerful checklist
Giovana Schnorr Vendramini
Giovana Schnorr Vendramini

UX/UI Designer | Adoro divagar sobre os mais diversos assuntos. Sou fascinada por design, cultura geek, viagens e não saio de casa sem meus fones de ouvido.

LinkedIn