Cases
|
Votorantim

Por quê?

A empresa já utilizava uma solução de prateleira para processos internos, mas esbarravam em desafios que não podiam ser solucionados e personalizações que acabavam engessadas, caras ou muito complicadas.
Por isso, já tinham uma ideia bastante clara que queriam construir um sistema próprio para geração de alertas em caso de transações suspeitas de fraude para as companhias do grupo.